nav-left cat-right
cat-right

CONSULTAR REGULARMENTE O MÉDICO OFTALMOLOGISTA É OBRIGATÓRIO

Mais da metade dos brasileiros não sabe que são portadores de alguma patologia e isso é extremamente preocupante.Muitas doenças podem levar à cegueira, por isso, o seu diagnostico precoce é fator essencial para que possa evitar que avance para um estágio mais grave.

O primeiro cuidado com a visão começa logo no pré-natal, onde são analisados diversos fatores na gravidez que podem ocasionar problemas na visão do bebê. Ao nascer, também são realizados várias análises e exames preventivos, sendo o famoso “teste do olhinho”. Veja a Visare Rio como exemplo.

O problema começa na infância e adolescência. Infelizmente, os pais não têm o hábito de levar os filhos ao médico oftalmologista. Entretanto, é de extrema necessidade observar a criança e verificar qualquer comportamento estranho ou sintoma de alguma doença ocular (vesguice ou estrabismo, queixas de dor de cabeça, dificuldade para realizar tarefas como desenhar, franzir a testa para enxergar algo melhor, etc). Esse cuidado dos pais é essencial para descobrir qualquer problema e trata-lo o quanto antes.

Esse desleixo com a saúde ocular tende a piorar na vida adulta. Com a correria do dia a dia, os adultos tendem a deixar de lado a consulta ao oftalmologista, seja por ausência de tempo ou de dinheiro. Porém, essa negligência pode sair muito cara. Isto porque doenças oculares comuns nos brasileiros, como a catarata, tendem a piorar e sem o tratamento adequado ocasionar a cegueira. Melhor perder um dia de trabalho e/ou gastar um dinheiro com consultas e óculos de grau do que deixar de lado algo tão importante como a visão e acabar tendo que gastar uma quantia muito maior com cirurgia ou, pior ainda, acabar perdendo a visão.

Em suma, consultar um médico oftalmologista regularmente é recomendável para prevenir essas doenças. Por essa razão, se você tem dores de cabeça constantes, olhos vermelhos, ardência e cansaço na vista, é melhor procurar um profissional da área o quanto antes. A saúde dos olhos não é brincadeira.